9 de junho de 2011

Krav Magá ajuda mulheres a extravasar a tensão da rotina diária.

Em matéria publicada no site "Superesportes" o Krav Magá aparece em destaque, na matéria escrita por Mariana de Paula. Confira parte da matéria abaixo. Caso queira ler a matéria completa, clique no link.:


"Trabalhar, estudar, encarar o trânsito diariamente e, muitas vezes, ainda ter de cuidar da casa e dos filhos. A rotina das mulheres costuma ser muito estressante. Uma pesquisa realizada pela seguradora SulAmérica — realizada entre 2004 e 2009 e divulgada no ano passado — mostrou que elas sofrem mais com as atividades do dia a dia do que os homens. Das 17 mil entrevistadas, 51% apresentaram níveis elevados de estresse. Já entre os representantes do sexo masculino, que somaram 12 mil, o número ficou em 28%."

"Essa tensão nervosa é um problema que deve ser levado a sério, pois pode causar distúrbios gastrointestinais, depressão, câncer, entre outros. Para amenizá-la, nada melhor do que extravasar toda a energia acumulada com alguns socos e chutes. Boxe, krav magá e tae fight são algumas das opções para quem quer ficar mais calmo, com a vantagem, também, de definir o corpo e aprender um pouco de autodefesa."

Krav magá
A arte de defesa pessoal israelense não é considerada uma luta marcial. Assim, não há competições ou medalhas. “Nossa recompensa é conseguir salvar a própria vida. Para aprendê-la, não é preciso ter força, por isso, se encaixa muito bem para as mulheres”, explica Vanessa Ribeiro, professora no Centro de Krav Magá e Artes Marciais. Ela foi a primeira mulher latino-americana a ministrar aulas, e recebeu como meta de seu mestre introduzir a defesa pessoal no Cento-Oeste.

No krav magá, é possível trabalhar corpo e mente. A aula começa com um aquecimento que explora o condicionamento físico e a elasticidade. Em seguida, é feito um pequeno treino de força com abdominais e flexões. Por último, são ensinadas as técnicas de defesa em si. “O krav magá usa pontos específicos do agressor, como olhos, garganta e genitália. Tem também a parte emocional, em que ensinamos o momento certo de reagir, reforçando sempre que o ideal é evitar o confronto”, ressalta.

A médica legista Márcia Reis, 39 anos, escolheu o krav magá seguindo um conselho médico. Ela precisava encontrar uma atividade física para se livrar do estresse do trabalho: “Meu corpo ficou mais bonito e meu problema de ansiedade foi claramente resolvido. Aprendi a me controlar melhor”.

2 comentários:

Gusg disse...

Olá , queria saber o preço e o endereço dessa academia , to muito interessado

Thiago R. Pedro disse...

Olá! Todas as academias autorizadas a ministrar as aulas de krav magá podem ser encontradas no site www.kravmaga.com.br no link "Federação Sul Americana" e depois em "Academias". Lá você não só tem o endereço e telefone de todas academias como também pode encontrar um breve curriculum do instrutor.

Related Posts with Thumbnails